DEGREISTRAIPE (ou o raio da faixa cinza)

EVERESTING (2/3) https://www.strava.com/activities/2323797364 191 kms . 5.953m d+ . 10:45 a pedalar ANTES A história é sempre a mesma. Passam as dores nas pernas, passam os amuos da Querida Esposa, ao ver a pilha de roupa a diminuir e a arrumar-se miraculosamente nas gavetas da cómoda, e as memórias das dores, do cansaço, do "ca-estupido-o-que-é-que-eu-ando-para-aqui-a-fazer" … Continue a ler DEGREISTRAIPE (ou o raio da faixa cinza)

Anúncios

Madrid-casa – parte 2

Dia 1 - das 15 às 20 - A caminho da Serra 100 kms - 4h35m em movimento - 1550 metros subidas https://www.strava.com/activities/2209235570 Não sei se estão bem a ver a coisa. Madrid, é no centro de Espanha, ok? Então, um dia, o rei espanhol chamou um engenheiro de estradas e pediu-lhe que desenhasse uma … Continue a ler Madrid-casa – parte 2

O jantar de natal dos Zés das bikes e a ideia parva que veio a seguir (com o vinho, provavelmente…)

1. A hábil gestão dos créditos Um gajo tem que ser cada vez mais hábil, nesta questão da gestão dos créditos com a Querida Esposa, principalmente no final do ano, quando eles já estão mais que gastos. O acordo, arduamente negociado no seio familiar, determinou que, da enormidade do conjunto das 365 noites do ano, … Continue a ler O jantar de natal dos Zés das bikes e a ideia parva que veio a seguir (com o vinho, provavelmente…)

Gajos, Bicicletas e Tomates – 0 PortugalDivide – 1

EPILOGO A história desta aventura começa pelo fim, por várias razões. A principal é porque não sei se me vai apetecer escrever mais, mas isto, tinha mesmo de escrever. São as palavras que não encontrei naquela noite, mas que não consigo guardar mais tempo só para mim. ... - Tiago, vamos ter de ficar por … Continue a ler Gajos, Bicicletas e Tomates – 0 PortugalDivide – 1

Entre nós há qualquer coisa

YOU ARE WELCOME TO ELSINORE Entre nós e as palavras há metal fundente entre nós e as palavras há hélices que andam e podem dar-nos morte     violar-nos     tirar do mais fundo de nós o mais útil segredo entre nós e as palavras há perfis ardentes espaços cheios de gente de costas altas flores venenosas     portas … Continue a ler Entre nós há qualquer coisa

CASAMENTOdoJOÃOedaMARIANA#2 – Teve de ser, João! Obrigado por te sacrificares assim por nós!

Vá lá que o João conseguiu convencer a Mariana a casar às seis da tarde. Ela estava mesmo decidida a fazer como habitualmente, e marcar a missa para o meio-dia. Depois, só se atrasava um bocadinho, e lá para as 4, 5 da tarde aparecia, e nós cheios de fome, na igreja, a tentar que … Continue a ler CASAMENTOdoJOÃOedaMARIANA#2 – Teve de ser, João! Obrigado por te sacrificares assim por nós!